Depois da pandemia do Covid-19 muita coisa mudou e com isso o auxílio emergencial foi se adaptando a nossa nova realidade, visto que nem todo mundo atualmente vai receber o mesmo.

Uma das dúvidas mais comuns é: se você vai permanecer com o direito de receber o auxílio emergencial? Quando vai começar o pagamento? Devo me registrar novamente para receber os benefícios? Quanto tempo vai durar a nova ajuda?

De fato, os trabalhadores têm muitas dúvidas sobre a nova fase de benefícios pagos pelo governo federal, mas não se preocupe montamos esse post que vai te esclarecer melhor como anda funcionando o programa.

Quem tem direito a nova rodada de pagamento da extensão do auxílio emergencial?

Auxílio Emergencial

Um dos primeiros critérios para receber o novo auxílio emergencial é ter participado do auxílio emergencial em 2020 e ter recebido o mesmo, ou seja, essa extensão do benefício não se enquadra para novos beneficiários, somente os que já participam do programa assistencial.

Além disso, os beneficiados do programa bolsa família também podem participar do novo auxílio assistencial, na realidade para esta categoria o benefício é pago automaticamente.

Para ter direito ao pagamento, o beneficiário também deve possuir renda familiar mensal de até R$ 3.300 (equivalente a três salários mínimos) e renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo, equivalente a R$ 550.

É necessário realizar um novo cadastro para receber a nova rodada de pagamentos do benefício assistencial?

Isso não é necessário. Para pagar os benefícios, o governo federal vai usar os cadastros de trabalhadores feitos em 2020. Caso avalie que o trabalhador atende aos critérios previstos na nova rodada de atendimento emergencial, os benefícios serão pagos automaticamente.

É possível consultar se eu terei direito?

Auxílio Emergencial

Desde a última sexta-feira, 2 de abril, a lista de atendimentos de emergência aprovados em 2021 pode ser visualizada no portal Dataprev. No site, basta informar seu nome completo, caixa de previdência, nome da mãe e data de nascimento.

Vale ressaltar que os beneficiários do Bolsa Família e os beneficiários cadastrados no órgão de registro único não precisam realizar pesquisas no site. Neste caso, desde que o trabalhador atenda aos critérios de aceitação esperados, o parcelamento será automaticamente depositado.

Para realizar a consulta você não vai levar nem 5 minutos, basta seguir o tutorial a seguir:

  • Primeiro passo é acessar o site oficial do Dataprev através do https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/;
  • Ao entrar no site você vai ser deparar com algumas informações que precisará fornecer, dados como seu nome completo, CPF, nome da sua mãe e data de nascimento serão solicitados;
  • Em seguida faça a autenticação de segurança, marcando a opção “NÃO SOU UM ROBÔ’’;
  • Clique em enviar e pronto! Você será redirecionado para uma nova página, onde será possível verificar se possui direito ao pagamento da nova rodada do benefício ou não.

Quando o benefício será pago para os participantes do Programa Bolsa Família?

O primeiro pagamento da nova assistência de emergência foi depositado na conta do beneficiário em 6 de abril.
O pagamento será feito em quatro parcelas, uma vez ao mês, sendo a última prevista para agosto deste ano.

Outro ponto importante é que o valor a ser pago varia de acordo com a composição da família para receber a pensão, e se restringe a apenas uma pensão por família.

Assim como em 2020, o calendário levará em conta o mês de aniversário do beneficiário, e o pagamento será feito em duas etapas: Na primeira, o dinheiro será depositado na Poupança Social Digital a conta só pode ser acessada através da Caixa Tem aplicativo esse responsável por repassar a verba do programa, então o dinheiro ficará disponível para saque e transferência para outras contas bancárias.

O cronograma para os beneficiários do Bolsa Família é diferente, o pagamento começará no dia 16 de abril, no mesmo modelo do Bolsa Família. A fase final está prevista para julho.

O valor pago é igual ao aplicável aos não beneficiários do programa, e nos casos em que seja mais benéfico para a família, mesmo que haja apenas um benefício, o “Auxílio Emergencial 2021” substituirá temporariamente o Bolsa Família.

Outro ponto importante é que o critério para definição da data de pagamento não é o aniversário do beneficiário, mas o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

É possível usar o valor do benefício do novo auxílio emergencial antes da data prevista de saque?

Se você precisa de dinheiro agora e não pode esperar pela data estimada de saque, ou deseja transferir o dinheiro sem ir para uma agência da Caixa, então temos uma boa notícia! Pode usar o dinheiro que recebe para fazer compras através do cartão virtual, ou pode usar o boleto através do App Caixa Tem.

O processo é muito simples e muito semelhante ao pagamento de contas em outros aplicativos bancários. Outra possibilidade é agilizar o recebimento de atendimentos emergenciais por meio de bancos digitais. Essas instituições (como Nubank, C6 e Inter) permitem que os clientes geram boletos.

Para isso, basta gerar um boleto em seu nome (cujo emissor é a sua conta digital) e efetuar o pagamento no aplicativo Caixa Tem desta forma, o dinheiro será automaticamente transferido para a sua conta digital.

Estamos vivendo um momento bem complicado principalmente na economia do país, então caso você não saiba se tem direito há nova rodada de pagamento do auxílio emergencial, corre no site do Dataprev faça a sua consulta e verifique se você tem direito ao pagamento da nova rodada do benefício.