Como de costume, anualmente acontece o Enem 2022, um dos maiores exames de ingresso em Universidades Pública e Federais do País.

Um dos momentos mais esperados por todo mundo no Brasil, a época de exames de admissão ao ensino superior começa com o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), organizado pelo Ministério da Educação.

O ENEM 2022 foi instituído originalmente para avaliar a qualidade do ensino médio no país, mas evoluiu para uma prova de conteúdo agora utilizada para outros fins.

Isso inclui o uso como teste de admissão nas principais universidades federais e outras instituições públicas, como forte influência na distribuição de apoio financeiro aos alunos e como requisito para bolsas e programas como o Ciência sem Fronteiras.

Este exame é realizado simultaneamente em todo o país, no estilo antigo das cópias impressas dos exames, exigindo respostas manuscritas; isso apresenta muitos desafios logísticos e representa um custo enorme.

Em primeiro lugar, o domínio crescente desse exame que requer um conhecimento bastante profundo de matemática, física, química, biologia, inglês, português, história, geografia e redação agora molda efetivamente o currículo do ensino médio com claras desvantagens para aqueles que não o querem participar do SISU e para aqueles que não pretendem se inscrever em nenhuma faculdade.

No Brasil, devemos desenvolver um currículo de ensino médio que possa acomodar um certo grau de diversidade, como tem sido feito em muitos outros países, e não um único currículo orientado para um exame que não seja relevante para todos.

Um núcleo comum de educação geral deve ser a base de todos os programas, seguidos por caminhos eletivos que ofereçam um conhecimento mais específico e profundo para aqueles que desejam prosseguir estudos acadêmicos ou uma carreira de ensino superior mais especializada ou preparação profissional ou técnica para graduados que ingressará no mercado de trabalho após a conclusão dos estudos.

O ensino médio deve ser um período de formação e qualificação, geral e profissional, e não um longo curso preparatório para uma faculdade que poucos irão cursar.

Assim, o ENEM precisaria ser modificado, centrando-se na avaliação do ensino secundário, tendo em conta a inevitável diversidade dos alunos e dos objetivos dos alunos dentro do sistema.

Deve ser uma prova de conhecimentos gerais com enfoque na comunicação e no raciocínio matemático com diferentes avaliações para os diferentes caminhos que serão percorridos pelos diferentes alunos, incluindo um sistema de certificação para as carreiras técnicas e profissionais.

Quais as vantagens que você ganha ao fazer o Enem 2022?

ENEM 2022

O Enem é um exame que vai proporcionar benefícios para quem deseja participar e for aprovado no concurso. A principal delas sem dúvida é que através do processo os candidatos garantem uma bolsa de estudo em uma das mais renomadas Universidades dos Pais com a nota que foi obtida no exame.

O Enem 2022 também se beneficia com a oportunidade de ingressar em uma universidade particular.

Com base nisso, o Programa Universitário Nacional (ProUni) oferece bolsas parciais (50%) e integrais (100%) para estudantes brasileiros que ainda não tenham concluído o ensino superior.

O FIES é o programa de auxílio estudantil do governo federal, que permite que os candidatos forneçam de 50% a 100% financiamento para mensalidades de universidades privadas com taxas de juros baixas tudo com base na pontuação do Enem.

Por que o Enem 2022 é tão importante?

ENEM 2022

O Enem é um exame que explora o campo do conhecimento e aplica conceitos interdisciplinares na preparação para o teste.

Que é avaliado através de uma prova de raciocínio logica e discursiva. Além disso, ele espera que o candidato seja capaz de escrever ensaios com elementos de ensaio, desenvolver seus argumentos e defender seus pontos de vista.

Quando o Enem 2022 obtiver nota alta, o aluno estará apto a ingressar em universidades públicas e privadas competitivas. Ele obteve uma espécie de “passaporte” do Enem e pôde até ingressar em algumas universidades no exterior.

O principal objetivo desse concurso é garantir uma vaga nas principais faculdades de ensino, é importante ficar atento ao cronograma de participação do exame e se inscrever no processo seletivo.

Programas como SiSu, ProUni e FIES usam a pontuação do Enem 2022 para selecionar candidatos que têm direito aos benefícios. Portanto, se você passar o inimigo, deve ficar atento à data do registro para não perder a oportunidade.

Após o fim do inimigo público, as universidades privadas e públicas também abrem seus processos seletivos, então vale a pena conferir

Uma das principais justificativas do ingresso unificado” do ENEM era que ele democratiza o acesso ao ensino superior, pois permitiria que estudantes de qualquer município se candidatar a uma vaga em qualquer universidade federal de qualquer parte do país.

Porém, além da falta de suporte financeiro para que os alunos se mudem para outros lugares para estudar, a aplicação de uma prova massiva cria uma situação ainda mais elitista.

As IES localizadas em regiões distantes da parte mais desenvolvida do país têm alguns de seus programas de graduação preenchidos com alunos que se mudaram de regiões mais ricas e distorcendo o número de candidatos locais.

Isso eleva os pontos de corte e as universidades perdem a possibilidade de selecionar os alunos mais adequados aos objetivos profissionais e pedagógicos da instituição.

Mesmo com a recente política de reservar um mínimo de 50% das novas matrículas com cotas para alunos de determinados grupos raciais ou de baixo nível socioeconômico, o funil parece ficar ainda mais competitivo, exagerando ainda mais o acesso desigual ao ensino superior.